18 junho, 2018

(Pingente) Sahashara


O Sahashara (Lótus das mil pétalas, em sânscrito) possui exatamente 972 pétalas. Está no topo da cabeça, ligado à pineal ou epífise, que é a glândula que fica no centro da cabeça e se encontra sobre todas as outras glândulas no corpo. O chacra forma uma coroa de luz, por isso também é conhecido como chacra da coroa, pois está voltado para cima. Apresenta cor violeta, branco-fluorescente ou dourado.
Através desse chacra, podemos alcançar a compreensão de tudo e é por ele que nos conectamos com o plano espiritual, com o Eu Superior, com Deus e o divino em todas as coisas; está ligado à nossa forma de professar nossa fé e evoluir espiritualmente.
Quando ele é trabalhado e desenvolvido, facilita a lembrança e a conscientização das projeções da consciência. Tem muita importância na telepatia, no desenvolvimento da mediunidade, nas expansões da consciência e na recepção de temas elevados. É o chacra por onde penetra a energia cósmica e a energia do Sol também.
O coronário é o chacra mais importante, pois é o responsável por energizar o cérebro, tem influência nas funções mentais e na produção de serotonina, o hormónio do bem-estar, pois regula o sono, o apetite, o humor, entre outras funções.
Esse chacra representa o corpo causal. A vibração dele também indica que estamos vivos. Por esse motivo é que pessoas que dizem não acreditar em Deus, ou não professar nenhuma fé, ou não ter alguma prática religiosa também apresentam atividade no chacra da coroa.
Quando está em desequilíbrio, a pessoa pode desenvolver fobias, problemas neurológicos, falta de fé, depressão, tendências suicidas. Quando está saudável, ativamos toda nossa sensibilidade e vivemos alinhados ao nosso propósito, com saúde, felicidade e muita disposição.
O chacra da coroa é o mais importante de todos os chakras, e a sua missão é compreender toda a existência e se iluminar, integrar-se com o todo. É nosso último dever no planeta Terra.

Sem comentários:

Enviar um comentário