02 agosto, 2018

(Erva) Beladona

Podem comprar este produto na Tenda da Alma aqui

A Beladona, Belladonna, ou Atropa Belladona encontra-se em solos húmidos, principalmente à beira de rios, lagos e represas. Contém um alcalóide, a atropina. Os druidas iam em busca das suas bagas por causa do seu efeito embriagante. A beladona é altamente tóxica. As crianças confundem-na frequentemente com cerejas. A ingestão de três a quatro bagas pode ser mortal. A planta conta também com um tropano psicoactivo.

Em doses pequenas aumenta a compreensão e facilita o trabalho intelectual. Provoca alterações da consciência. Os druidas consideravam-na uma planta medicinal valiosa e com a qual tentavam influenciar doenças causadas por demónios.

Linnaeus, em 1700, chamou-lhe Atropa belladonna, porque sabia que as mulheres utilizavam os seus extractos, nos olhos, para dilatar as pupilas e ficarem mais belas (belladonna = mulher bela). A esse nome, juntou o de Atropa, uma das três Parcas da mitologia grega, por ser uma droga que podia causar a morte.

Mais tarde, passou a ser um dos componentes da lendária pomada que fazia voar, utilizada pelas bruxas, nos seus rituais, pois os seus componentes provocam uma sensação de voo.

A Beladona, ao ser usada para proteger a casa, esta planta deve ser triturada, diluída numa grande quantidade de água, e usa-se para limpar as entradas da casa. Também se crê que ajuda as pessoas que moram na casa a manterem-se jovens e afasta as doenças do foro nervoso, incluindo as depressões, a timidez e todo o tipo de complexos psicológicos.

Utilização: Banhos e defumações.
Propriedades mágicas: Limpeza energética, larvas astrais, preserva a juventude.

Sem comentários:

Enviar um comentário