02 fevereiro, 2018

Imbolc: 2 de Fevereiro

 
Imbolc ocorre no pico do inverno. É o tempo do ano em que a Terra se encontra mais fria.
Este Sabbat celebra os primeiros indícios de vida sob o manto do Inverno. A luz começa a expandir-se, e a terra a tornar-se fértil e madura para novos cresciments.
Na véspera, todos os fogos e luzes eram apagados para serem reacesos, ritualisticamente, com as brasas das fogueiras dedicadas a Brighit. Imbolc ocorre seis semanas após Yule, simbolizando a recuperação da Deusa após o parto da criança solar e sua transformação em Donzela jovem e cheia de vigor.
Os temas de Imbolc são, entre outros, a fertilidade, o fogo, a purificação, a iniciação e o renascimento espiritual. Neste Sabbat, as cerimónias Wiccanianas costumam incluir muitas velas, que visam encorajar, simbolicamente, a expansão da luz e do calor.
A tradição mais conhecida nesta época é a de fabricar a cruz de Brighit, na véspera de Imbolc, representando a roda solar, feitas com folhas de milho, ou trigo, que é colocada por cima da porta mais utilizada da casa, para protecção, também é costume fazer-se uma boneca de milho, e depois deitá-la numa cama especial, chamada “cama de Brid”, colocando dentro nozes, (símbolo da fertilidade masculina), e a volta da cama põe-se farinha e ervas com algumas moedas de oferenda a Deusa Brighit para prosperidade. Por fim também é costume acender-se uma vela branca à frente de cada janela da casa, apaga-se todas as luzes da casa e depois da noite cair acende-se as velas uma a uma começando no rés de chão, (se tiver primeiro andar), e no sentido horário, (repetindo o mesmo no primeiro andar). Ao acender as velas diga:“que a luz desta chama possa trazer paz e sabedoria para o meu lar” . Deixe as velas arderem até ao fim se possível.
Muitos Wiccanos celebram dedicações e iniciações nesta altura devido a associação do Inverno ao renascimento espiritual.
O altar pode ser decorado com uma toalha branca ou amarela, velas, sementes, bolbos e cruz de Brighit.
Imbolc é o momento de limpar e preparar as nossas mentes e corpos para o ressurgimento e de banirmos todos os remorsos e culpas e planearmos o futuro para o próximo ano.
É o Sabbat oposto de Lammas (1 de Agosto).

Correspondências:
  • Cores: laranja, vermelho, amarelo, branco, azul, prateado, verde, rosa, lavanda;
  • Ervas: angélica, manjericão, louro, benjoim, celidônia, salgueiro, urze, mirra, alecrim, dill e trevo, salsa, camomila;
  • Cristais: água-marinha, ametista, granada, turquesa, ônix, jaspe, rubi;
  • Símbolos: Neve, Cordeiros, Leite, velas, Nordeste, lanternas, vassouras, flores brancas, Cruz de Brighit, flocos de neve, coroa de 13 velas vermelhas, penas, Sementes, "Brideo'gas" (camas de Brighit), mantos de Brighit;
  • Deuses: Brighit, Belissima, Branween, Aradia, Athena, Inanna, Gaia, Fébrua, Demeter/Ceres, Arianrhod, Frigg, Cybele, Vesta/Hestia, Bast, Cernunnos, Pan, Aengus Og, Eros, Cupido, Fébruus, Dagda, Herne, Osiris, Jupiter, Zeus:
  • Incensos: Mirra, gardénia, olibano, canela, baunilha, flor de laranjeira, jasmim, mel;
  • Velas: brancas e vermelhas;
  • Comidas: leite, cremes, queijos, coalhadas, vinho, mel, pudim, hidromel, bolos, caril, licores, sumo de laranja, pão com sementes, cebolas, alhos, feijão, favas, limões, laranjas, cordeiro, borrego;
  • Nomes Alternativos: Imolc, Imbolg, Oimealg, Imbolgc Brigantia, Imbolic, Lupercus, Candlemas, Candlelaria, Disting, Festa de Pan, Festa de Brigid, Festival das luzes, Festival das Virgens. Dia de Brighit, Santa Lúcia, Lupercallia, Groundhog Day;
Actividades:
  • É tempo de purificação: limpe a sua casa, armários, sótãos...;
  • Purifique a casa com ervas, e incenso, (sálvia, o alecrim e a arruda);
  • Fazer uma cruz de Brighit;
  • Faça uma boneca de milho e vista-a colocando-a numa cama especial, chamada “cama de Brid”;
  • Acenda uma vela branca a frente de cada janela da casa;
  • Consagre as ferramentas que usa no seu jardim mágico;
  • Limpe e purifique os altares, espaços de meditação ou templos... assim como todos os utensílios mágicos, limpe o armário das ervas e confira as que já estão velhas e as colheitas que tem a fazer;
  • Vá até a um rio e ofereça velas e flores na água em honra da Deusa;
  • Acender uma fogueira bem grande e queimar os enfeites que utilizou em Yule;
  • Fazer uma roda de velas símbolo da roda do ano que gira com o retorno do Deus;
  • Decorar o altar e a casa com muitas flores brancas;
  • Faça artesanato em honra dos Deuses, pinte estatuas, faça toalhas, caixas, bolsas, fazer ou enfeitar velas...;
  • Coloque uma vassoura atrás da porta de entrada, como símbolo de limpeza física e espiritual;
  • Saia a rua, vá até a um bosque caminhe na natureza e contemple a energia de Imbolc que se faz sentir.


Sem comentários:

Enviar um comentário